novembro 21, 2017

Tobias



A nossa família aumentou e agora temos o Tobias, o nosso cão.

Ele é um Bulldog Francês ainda muito bebe, sendo que está com 2 meses apenas.

Tem sido uma companhia deliciosa.

Claro está que ele não vem educado, estamos a tentar fazê-lo aos poucos e nesta fase é sempre chato ter que andar a limpar tudo e mais alguma coisa.

Tudo compensa com as brincadeiras e o mimo reciproco.

Aconselho a quem quer ter um animal que:
   . deverá sempre verificar se o seu estilo de vida se adapta à personalidade do animal;
   . deverá ter condições para lhe dar a vida que merece;
   . deverá ter condições financeiras, até porque os primeiros tempos são necessárias muitas consultas para que tome todas as vacinas necessárias e efetue todas as desparasitações;
   . deverá ter paciência;
   . deverá dar atenção;
   . deverá dispor de tempo para o mimar e brincar com ele;
   . deverá acima de tudo ter muito amor para dar.

A nossa casa agora está mais feliz :)


novembro 14, 2017

a volta.



Voltei.

Tanta coisa aconteceu nestes últimos tempos.

Eu e o R. alugámos e restaurámos uma casa. Estivemos meses dedicados à nossa casinha, a vê-la ganhar forma, a ficar do nosso jeito.

Fiquei noiva e casei. Na realidade já tínhamos marcado o casamento, sem haver o anel de noivado. No entanto, não poderia ficar sem esse momento único na vida de uma mulher e eis que fui surpreendida pelo pedido de casamento. Momento inesquecível.

Organizámos o nosso casamento, sempre a correr e conseguimos que fosse um dia magnifico e que ficará para sempre na nossa memória.

Com isso, veio uma Lua de Mel. Os primeiros dias que passaríamos sozinhos, 24h sobre 24h juntos, noutro país.

Regressámos a nossa casa e aprendemos a ter uma nova rotina.

Tudo isto foi surreal, tudo foi muito bom. Tem sido uma experiência muito gratificante e só agora começamos a 'usufruir' e a 'aproveitar' a nossa vida a dois.

Espero com todas estas mudanças agora vos trazer novos conteúdos: escapadinhas românticas, decoração de casa, diy's, etc..

fevereiro 10, 2017

Fifty Shades Darker



Após um longa ausência voltei. Esta ausência é derivada da azáfama da vida. Existem novidades a chegar e como trabalho a tempo inteiro, até nos habituarmos custa organizarmo-nos, mas penso que tudo já entrou numa ‘rotina’ e poderei voltar em grande ao blog.

Na passada quarta-feira fui à ante-estreia do Fifty Shades Darker e hoje trago-vos a minha opinião sobre o filme.

Eu devorei os 3 livros e ando a ler o Grey, não consegui aguentar nem mais um dia para ver o filme. As minhas expectativas eram tão mas tão elevadas.

Comecemos pelos atores, evoluíram bastante e isso nota-se muito. A nível físico também estão mais o que imaginamos que seria a Anastasia e o Christian.



O filme tem algumas cenas de comédia que é inevitável não gargalharmos. Outras cenas são de profundo desejo, ternura e até amor.

Não me venham com coisas, trata-se de uma história de amor sim! Se não, como mudaria Grey a sua personalidade e a sua forma de estar na vida se não estivesse de tal forma apaixonado por Mrs. Anastasia Steel?

Os dois aspetos negativos que saliento são: o Grey não deveria estar tão mais ternurento e fofo, porque está. Deveria ter sido uma mudança menos drástica do primeiro para o segundo filme; também não gostei muito da performance da Rita Ora como Mia Grey mas também pouco aparece e poderá pecar por aí.

Existem cenas mais escaldantes neste filme, mais românticas, mais intensas, mais tudo!

Não pode haver comparação com o primeiro, este vai muito mais ao detalhe. Claro está que não se pode detalhar tudo de um livro num filme, senão demorava umas 5 horas.

O filme é longo, mas prende tanto ao ecrã que uma pessoa ficava por muito mais tempo.

A quem não viu e gosta da saga, aconselho vivamente a verem e desfrutarem de cada pormenor.

A mim não me desiludiu nada e não vejo a hora de chegar o 3º da saga. 

E vocês, já viram o filme? O que acharam? Correspondeu às vossas expectativas?